O MAMÍFERO MAIS TRAFICADO DO MUNDO

14-Feb-2019

Os pangolins são mamíferos escamados, com algumas características morfológicas (na forma) semelhantes aos tamanduás, como, a presença de grandes garras nas patas, ausência de dentes e o hábito de se alimentar de formigas e cupins. Estudos genéticos, porém, mostram uma maior relação evolutiva com mamíferos carnívoros, tratando-se, portanto, de um caso de convergência adaptativa. Habitam campos da Ásia e África Subsaariana, passando o dia entocados no solo, enrolados, em uma posição semelhante ao nosso tatu-bola. Durante a noite, saem da toca à procura de alimentos.   Quando cavam o solo a procura de formigas e cupins, eles diminuem a compactação do solo, aumentam a sua oxigenação, o que acelera a ciclagem de nutrientes, favorecendo a germinação e crescimento vegetal, sendo considerada uma espécie chave no ecossistema que vivem.

 

 

Segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza, os pangolins são os mamíferos mais traficados no mundo. A entidade estima que nos últimos 10 anos, cerca de 1 milhão deles foram abatidos, para fornecer carne e escamas, principalmente, para o consumo chinês. Os chineses acreditam que as escamas dos pangolins possuem propriedades medicinais e mágicas. Apesar de protegido por leis ambientais, todas as oito espécies de pangolins estão em sério risco de extinção.

 

Fonte