QUANDO FICAR DOENTE E PERDER O APETITE, OUÇA O SEU CORPO, ELE PODE ESTAR TE DANDO UM RECADO.

 

Quando estamos doentes, muitas vezes, perdemos o apetite. Pode ser o nosso corpo falando como combater a doença. Pelo menos, é o que sugere as pesquisas de Ruslan Medzhitov, professor da Universidade norte americana de Yale.

 

O pesquisador submeteu populações de ratos de laboratórios a uma bactéria infeciosa, Listeria monocytogenes, causadora de intoxicações alimentares, inclusive em humanos. Esta bactéria, normalmente, causa sintomas semelhantes a de uma gripe. Mas, quando atinge o sangue, pode causar meningites e perigosos quadros de septicemia, podendo ser fatal.

 

Na pesquisa, foram realizados vários experimentos. No primeiro deles, ratos infectados ficaram doentes, mas privados de alimentação, a maioria sobreviveu. No segundo, os ratos doentes foram alimentados a força, e a maioria morreram.

 

Intrigado, ele diversificou o experimento e submeteu os ratos infectados a três tipos de alimentação características: com carboidratos (glicose), lipídios e proteínas. A maioria dos ratos alimentados com carboidratos morreram, os submetidos a dieta lipídica e proteica, geralmente, sobreviveram.