POR QUE O SEXO É TÃO POPULAR?

 

Há dois tipos de reprodução, a assexuada e a sexuada. A assexuada envolve um organismo, formando clones, exceto, se ocorrer mutações, o que é raro. Já, a sexuada, embora, possa envolver um único organismo, geralmente, envolve dois. Eles produzem gametas masculinos e femininos, cada um com a metade do genoma da espécie, que se fundem na fecundação, formando novos organismos com um genoma completo. O processo sexuado é mais demorado e caro energeticamente, pois, envolve a produção de gametas por meiose, um processo mais  complexo que a mitose. Envolve gasto energéticos na procura de parceiros e disputas sexuais. Mas, apesar de mais dispendiosa, 99,9% das espécies animais e vegetais realizam a reprodução sexuada.

 

Por que o sexo é tão popular?

 

Uma explicação para predominância da reprodução sexuada seria a geração de indivíduos com maior variabilidade genética, fruto do crossing-over e da recombinação gênica da fecundação, fornecendo material para a ação da seleção natural. A variabilidade diminui os riscos de extinções das espécies frente as mudanças ambientais. Outra explicação, é uma proteção contra os efeitos da ocorrência de mutações negativas. Quando elas acontecem, a meiose separa o alelo normal do mutante e, quando os dois alelos mutantes deletérios se combinam na fecundação, seus efeitos são detectados e mais facilmente excluídos pela ação da seleção natural.

Please reload

Featured Posts