COMO RESSUSCITAR UMA ESPÉCIE EXTINTA?

Na série de filmes Jurassic Park cientistas aplicam técnicas genéticas para trazer a vida várias espécies de dinossauros extintas a mais de 65 milhões de anos. Será que isto seria possível? Pelo menos três técnicas poderiam ser tentadas para ressuscitar uma espécie extinta.

 

Clonagem

O uso de técnicas de clonagem já empregadas com algum sucesso em mamíferos, como no caso da ovelha Dolly, poderiam ser utilizadas, caso a espécie extinta tivesse células bem preservadas. Neste processo, células somáticas (não reprodutivas) da espécie extinta teriam seu núcleo transferido para um óvulo anucleado de uma “mãe de aluguel” evolutivamente próxima ainda viva.

 

DNA recombinante

Esta técnica consiste na inserção de genes de uma espécie no genoma de outra. Poderia ser utilizada caso a espécie extinta tenha seu DNA parcialmente preservado, podendo ser realizado a inserção de genes específicas no genoma de uma espécie aparentada ainda viva. Equipes de pesquisadores estão tentando empregar esta técnica para criar um hibrido de mamute, animal extinto há 3300 anos, com os atuais elefantes.

 

Seleção artificial

A muito tempo o homem utiliza esta técnica para modificar as características de uma população, estimulando a reprodução de organismos com características desejadas. Esta técnica está sendo utilizada em raças de bois com características semelhantes de uma espécie extinta há mais de 500 anos, o touro aurochs.

 

Várias tentativas usando estas técnicas estão senda feitas, porém, até agora nenhuma espécie foi trazida de volta da extinção, mas cientistas sustentam que isto é uma questão tempo.

 

Prof. Marco Nunes

Editor do  Nerd Cursos - Biologia

Um portal de materiais de estudos para o Enem e vestibulares

Vitória da Conquista - Bahia - Brasil

Contato: profmanunes@gmail.com